Título Potências do tempo
Autor David Lapoujade
Tradução para o português: Hortencia Santos Lencastre
Ano 2013
Nº de páginas 128
Size/Dimensões: 14 x 21cm
ISBN 978-85-66943-44-3
Preço de capa R$ 48,00



Apreender a duração e a mudança em si, independentemente de tudo aquilo que dura e de tudo aquilo que muda. Desdobrar o tempo, seus afetos e experiências, e descobrir a liberdade que a ele está vinculada. Potências do Tempo, de David Lapoujade, é uma leitura atenta e sensível da obra de Henri Bergson. Nela, Lapoujade parte de três aspectos – emoção, simpatia, apego – para retratar um outro Bergson. Pouco a pouco, veremos se revelar um Bergson matemático, um Bergson perspectivista ou ainda um Bergson médico da civilização. Se com muita frequência, esses termos só foram considerados como concessões feitas à pedagogia ou à elegância, aqui serão entendidos como conceitos de fato. Desse modo, torna-se possível resgatar a relação indissolúvel que existe entre tempo e afeto. Como afirma o autor, é para o lado da vida que iremos nos voltar, “para aquilo que faz de nós viventes, ou melhor, para aquilo que nos faz sentir viventes”.





Sobre o autor
David Lapoujade é filósofo e professor da Universidade de Sorbonne (Paris I). Foi aluno de Deleuze, tendo editado duas obras suas, postumamente: A Ilha Deserta, e o ainda inédito no Brasil, Deux Régimes de fous. É especialista em pragmatismo, principalmente da obra de William James, mas dedica-se também à obra de Bergson, Emerson, Deleuze e do escritor Henry James.
Back to Top